"Se a Arquitetura é uma arte (e é, efetivamente), é uma arte específica que necessita não de uma linguagem mais ou menos intuitiva com a qual o sujeito da criação artística lida e propõe sua obra, porém cujo significado real ele só vem a descobrir frequentemente finda a obra, mas sim de uma linguagem definida, tanto quanto possível, de antemão e que esteja ao alcance simultâneo do criador e do receptor." (Coelho Netto)